Boa tarde, hoje é Domingo, 15 de Setembro de 2019. Clique Aqui para login.
Indicator_red
Mais uma vez uma brilhante participação de Portugal nas Olimpíadas Internacionais de Geologia.

           

Mais uma vez Portugal e os seus jovens representantes estão de PARABÉNS! Mais uma vez a equipa representante do país conquistou o pleno das medalhas, isto é, 3 medalhas para 3 representantes, sendo que uma delas é de prata e as outras duas de bronze. A medalha de Prata coube ao estudante Francisco Azevedo da Escola Secundária da Quinta das Palmeiras (Covilhã) (ao centro na fotografia), e as medalhas de bronze ao Diogo Teixeira e ao Maximilian Kaiser, respectivamente da Escola Secundária Alves Martins de Viseu e Escola Secundária Pinheiro e Rosa de Faro (o Diogo no centro, à esquerda e o Maximilian no centro, à direita).

A equipa foi acompanhada pelos Dr. Álvaro Pinto, investigador da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e o Dr. Jorge Ferreira, professor do Agrupamento de Escolas da Parede (à esquerda e direita, respectivamente).

Este é um momento de grande regozijo para o ensino da Geologia no Ensino Secundário, que premeia a excelência dos nossos jovens, da sua formação e da preparação complementar que a Sociedade Geológica de Portugal propicia aos três primeiros classificados das finais nacionais. 

Toda a organização permitiu que estes resultados fossem atingidos, desde Janeiro de 2019 em todo o país, até às finais internacionais (IESO 2019) em Daegu na Coreia do Sul (26 de Agosto a 3 de Setembro) porque:

1) houve uma enorme adesão de um número muito elevado de Escolas do Secundário e dos seus excelentes profissionais, os professores;

2) porque o Ministério da Educação e a Agência Ciência Viva forneceram um indispensável apoio financeiro para que toda a imensa organização fosse possível;

3) porque os Centros Ciência Viva do Lousal e de Estremoz, bem como o Geoparque Açores, deram um apoio logístico inestimável;

4) porque a Universidade de Évora, a Universidade de Lisboa e a Universidade Nova de Lisboa, através de um conjunto empenhado de docentes, Geólogos, deram um apoio importantíssimo na organização das provas intermédias e da formação complementar preparatória das provas internacionais.

Por último, mas não menos importante, também porque a Comissão Nacional para as Olimpíadas de Geologia, coordenada pelo Prof. Doutor Jorge Relvas (FCUL), desempenhou um trabalho, ao longo de cerca de 10 meses, de uma eficiência a toda a prova.

Aos jovens brilhantes representantes de Portugal nestas Olimpíadas Internacionais, as nossas renovadas felicitações e às suas famílias o nosso profundo agradecimento pelo incómodo, compreendido e assumido, de se privarem dos seus jovens num período que é, em geral, de férias para todos.

Mais elementos de reportagem na página seguinte.

A Direcção da SGP

Introduzido por: WebMaster em 2019-09-03 20:09:09

Congresso Ibérico de Geoquímica 2019.
Introduzido por: WebMaster em 2019-01-29 10:01:26

Iniciativa.

link ao site: http://www.paleofallmeeting.uevora.pt/

Ver aqui o cartaz.

Introduzido por: WebMaster em 2019-01-25 14:01:27

Notícias Breves
Apoio: Fct     Membro de: Aegs Dgeg Logo_iageth Logo_inqua Iugs_logo