Bom dia, hoje é Domingo, 23 de Fevereiro de 2020. Clique Aqui para login.
Indicator_red
Informação - Assembleia Geral Extraordinária.

Divulga-se a seguinte informação:

 

Caro(a) colega

A pedido do Sr. Presidente em exercício, da Mesa da Assembleia Geral da Sociedade Geológica de Portugal, tenho o prazer de enviar a convocatória para uma Assembleia Geral Extraordinária (Anexo_1_Conv_AGE), para discussão e votação de propostas de alterações de alguns pontos dos Estatutos da SGP.

Temos também o prazer de enviar o documento de suporte às referidas propostas, elaborado pela Direcção da SGP, de acordo com o previsto nos Estatutos (Anexo_2_Propostas).

 

Com os nossos melhores cumprimentos,

Pela Direcção da SGP

José Carlos Kullberg

 

Anexo 1

Anexo 2

Introduzido por: WebMaster em 2020-02-19 10:02:11

"A Mina em que Vivemos" - Livro editado pela Sociedade Geológica de Portugal.

O livro "A Mina em que Vivemos", da autoria de Sofia Pereira (texto) e Alexandra Couto (ilustrações), foi lançado no passado mês de Novembro, no âmbito do evento "A (in)sustentabilidade dos Recursos Minerais", dinamizado pela SGP e realizada no, e com o Centro Ciência Viva do Lousal.

Numa altura em que a Geologia sofre o ónus de se ver associada sobretudo aos aspectos negativos da exploração mineira e dos hidrocarbonetos, este livro ? escrito e revisto cientificamente por especialistas, por geólogos ? constitui fonte de informação e de formação para estudantes do ensino pré-universitário, bem como precioso auxiliar pedagógico para professores. É ainda um excelente texto de divulgação científica para o público em geral, facilmente "capturado" pela maciça desinformação que grassa em toda a Sociedade sobre a (necessidade de) exploração sustentada de recursos minerais essenciais para se garantir uma digna qualidade de vida.  Há pouco interesse em saber de onde vêm os materiais que a possibilitam... e se eles vierem de longe, onde nenhuma garantia existe da exploração estar a ser feita da melhor forma, "tanto melhor".

Se é certo que nas sociedades desenvolvidas atingimos um pico de consumo, havendo a necessidade de informar a população para a necessidade de se consumir menos e de forma mais sustentável, é igualmente verdade que existe uma outra face do mundo necessitada de acesso a um sem número de tecnologias que garantam uma qualidade de vida igualitária. Posto isto, a necessidade de explorar recursos minerais continuará a existir, pois, por cada cidadão que freie o seu consumo, haverá vários para quem é urgente o acesso à saúde, à educação, à segurança e à dignidade e todos estes direitos assentam em bens e tecnologias que nascem da exploração mineira e dela dependem. 

Estas palavras cruas, que assumo enquanto Presidente da Direcção da SGP, normalmente incomodam quem pretende embarcar em populismos, quem depende de clientes desinformados, mas aguerridos e barulhentos, prosperando com a polémica não sustentada cientificamente que, todavia, atrai audiências. 

O livro "A Mina em que Vivemos" é informativo e formativo, com uma escrita clara, acessível a todos, fundamentada cientificamente por quem é competente para o fazer. E está magnificamente ilustrado, o que permitirá que os seus conteúdos sejam facilmente compreendidos e transmitidos, por exemplo, em contexto pedagógico. 

A Sociedade Geológica de Portugal está, pois, orgulhosa desta sua edição e agradece e felicita todos os intervenientes, particularmente a Sofia Pereira e a Alexandra Couto. Paralelamente, porque nunca é tarde para o fazer, aproveita para expressar o seu reconhecimento a todos os colegas que, de forma mais visível ou com um trabalho mais "resguardado", contribuíram para o enorme sucesso do lançamento desta obra, assim como do evento acima mencionado, de uma forma mais abrangente.

Pela Direcção da SGP, o Presidente

José Carlos Kullberg

Mais informações e possibilidade de descarregar conteúdos se carregar em baixo em "Ver Detalhe" ... e uma surpresa!

Introduzido por: WebMaster em 2020-02-18 23:02:07

Informação.

Divulga-se a seguinte informação:

Dear colleagues,

This is just to remind you that JANUARY 15 at 13:00 (CET) is the deadline for abstract submission to the session organized by  IGCP 648 at EGU2020. We acknowledge those who have already submitted their abstracts and encourage those who are planning to attend to submit theirs before the said deadline.

The same deadline at 13:00 (CET) on JANUARY 15 applies for the submission of the Preliminary Registration Form (Attached) to the Field conference in Spain and Portugal (9-18 May, 2020). We also thank those who have already pre-registered and inform that some seats are still available. Full registration forms and detailed information, including cost and payment details, will be send to pre-registered persons by the end of January 2020.

Apologies for multiple mailing. Please feel free to disseminate this message to your potentially interested contacts.

We look forward to meeting you next May, and wish you Merry Christmas and a joyful 2020.

Kind regards,

Cecilio Quesada (on behalf of the co-conveners of both events)

Dear colleague,

You are kindly invited to consider your participation in one or all of the following two events that IGCP Project 648: “Supercontinent Cycles and Global Geodynamics” is organizing in May 2020:

  1. Session GD6.2 at EGU2020 (3-8 May, 2020): “From Gondwana to Pangaea: terrane “teleportation” during the assembly of the last supercontinent and geodynamic drivers” (https://meetingorganizer.copernicus.org/EGU2020/session/35123)

Conveners: Cecilio Quesada (IGME, Madrid, Spain), J. Brendan Murphy (STFX Univ, Antigonish, NS, Canada), Weihua Yao (Sun Yat-sen Univ, Guangzhou, China), Daniel Pastor Galán ((FRIS, Tohuku Univ, Japan)

Abstract submission is already open and will close at 13:00 (CET) on January 15. Abstract submission can be made through the same link given above after the title of the session or via the general website of EGU 2020 (https://meetingorganizer.copernicus.org/EGU2020).  

  1. Field conference in Spain and Portugal (9-18 May, 2020): “From the amalgamation of Gondwana to the breakup of Pangea: evidence in SW Iberia”

Led by: Cecilio Quesada and Teresa Sánchez-García, Instituto Geológico Minero de España (IGME), Madrid, Spain; J. Javier Álvaro, Instituto de Geociencias IGEO (CSIC-UCM), Madrid, Spain; Pedro Terrinha, Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) and Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal.

Attached is the preliminary program of the field trip but please notice that it is still subjected to some changes related to logistics. Also attached is a preliminary registration form that we encourage to fill and return to quesada.cecilio@gmail.com not later than November 30, 2019. Before the end of this year the final program, cost and payment method will be distributed to those responding to the preliminary registration.

The trip will start at Madrid airport at 2:00 pm (CET) on Saturday May 9. Those attending the EGU2020 meeting may consider booking a flight from Vienna to Madrid allowing their arrival at Madrid airport prior to the 2:00 pm appointment on May 9 (early booking is recommended as many Spaniards usually attend the EGU). Transport will be by coach. Many observations will be made on road cuts (please bring reflective jackets) and there will not be either long or strenuous walks involved. Weather in southern Iberia is very mild in May, ca. 27ºC in the central hours and 13-18ºC at night. We may have some rain but you will surely need solar protection. The trip will end in Lisbon in the evening of Sunday, May 17, with the coach returning to Madrid airport in the morning of Monday, May 18. However, you may consider departing to your destination from Lisbon airport instead of returning to Madrid, in which case you are kindly ask to let us know as soon as possible.

Attendance is limited to 35 delegates, strictly eligible on a first-come, first-served basis. Accompanying persons will be admitted only if the 35 limit is not reached.

The cost of the trip, depending on the number of attendants and other logistical issues, cannot be established yet but it will probably be in the range 1,000-1,200 euro per attendant. We will try our best to make it minimal!

Your participation in any (or all) of these IGCP 648 events will be greatly appreciated, and I look forward to seeing you next May.

Please feel free to redistribute this Email to your contacts that might be potentially interested. Apologies for multiple mailing!

Introduzido por: WebMaster em 2019-12-19 10:12:44

Notícias Breves
Apoios e Parcerias
Logo_fct_mctes_vertical     Logo_aegs
Iageth_logo Inqua-logo2
Logo