Bom dia, hoje é Terça, 21 de Novembro de 2017. Clique Aqui para login.
Indicator_red
Falecimento do Prof. Doutor Britaldo Rodrigues.

A carreira docente prosseguiu, após o regresso a Portugal, sucessivamente no Instituto Universitário de Évora (1974-1975), nas Universidades de Aveiro (1975-1977), de Lisboa (1978-1992) e novamento de Aveiro (desde 1992), tendo-se aposentado como Professor Catedrático nesta última Universidade em 2001, onde prosseguiu actividades de investigação integrado no GeoBioTec. Foi também Director do Departamento de Geociências da Universidade dos Açores (1983-1992), Director do Centro de Vulcanologia das Universidades de Lisboa e dos Açores (1985-1992), Coordenador Científico das Unidades de Investigação “Processos e produtos da evolução litosférica” (1995-1998) e “Evolução Litosférica e do Meio Ambiental de Superfície” (ELMAS) (1998 – 2002) do Instituto de Investigação da Universidade de Aveiro e investigador responsável do Projecto INTERGEOFOGOS – “Geospheric  interaction in oceanic islands: the volcanoes of Fogo (Azores) and Fogo (Cape Verde)”, financiado no âmbito do Programa “SAPIENS-99”(desde 2000). Após a aposentação foi, ainda, Vice-Reitor (2001-2002) e Reitor (2002-2004) da Universidade Moderna de Lisboa. Em todas estas instituições foi notável a sua actividade pedagógica, administrativa e científica tanto como professor como investigador responsável por projectos e unidades de investigação.
A sua actividade em altos cargos públicos e políticos foi extensa; referência especial para o desempenho dos cargos de Director Geral do Ensino Superior (1980-1981) e de Secretário de Estado do Ensino Superior (1983-1984) do XI Governo Constitucional. Após a entrada de Portugal na então Comunidade Europeia foi Presidente do Instituto Nacional de Investigação Científica (INIC) (1987-1991). Foi, também, membro da Comissão de Reforma do Sistema Educativo (1986-1988; Presidente em 1988) e do Conselho Nacional de Educação (1989-1992).
Nos Açores, a convite do Presidente do Governo Regional, Dr. Mota Amaral, desempenhou as funções de Presidente do Conselho de Administração da Sociedade Geotérmica dos Açores (SOGEO) (1991-1994) e de Coordenador do Projecto Geotérmico de São Miguel (1994-1997).
Foi um dos fundadores da Rede Europeia de Vulcanologia que agregou vários países – Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Reino Unido e Islândia – e cuja associação levou ao desenvolvimento de vários projectos de interesse europeu. Esta Rede foi apresentada e aprovada na 1ª Conferência de Ministros Europeus responsáveis pela investigação, promovida em Setembro de 1984 pela Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.
Foi eleito sócio correspondente da 4ª Secção da Classe de Ciências da Academia de Ciências de Lisboa (ACL) em 1981 e sócio efectivo em 1989; em 2016 foi designado como Académico Emérito. Desempenhou, ainda, na ACL, os cargos de Secretário da Classe de Ciências (2005) e de Vice-Secretário Geral da Academia (2005-2010).
Além de uma vasta bibliografia geológica, particularmente nos domínios da Petrologia e da Geoquímica, publicou vários trabalhos sobre temas de política científica e de educação, versando particularmente a investigação científica, a autonomia universitária, o acesso ao ensino superior, a reforma e a lei de bases do sistema educativo.

(texto preparado pelo colega Rogério Rocha, Presidente da Mesa da Assembleia Geral da SGP)

Introduzido por: WebMaster em 2017-05-16 16:05:09
Notícias Breves
Apoio: Fct     Membro de: Aegs Dgeg Logo_iageth Logo_inqua Iugs_logo